Confira tudo que rolou na conferência da EA na E3 2017

A Eletronic Arts inaugura as conferências da E3 2017 apresentando as novidades no maior eventos de games do mundo.

Começou hoje a E3 2017, o maior evento de games do mundo e a primeira grande empresa a se apresentar em uma conferência foi a Eletronic Arts, trazendo as novidades sobre seus games e próximos lançamentos.

O primeiro game a aparecer foi Battlefield 1, mostrando algumas novidades sobre as próximas expansões e sobre o interesse da empresa em continuar a expandir o game e ampliar a sua participação no cenário competitivo dos eSports e trazendo mais conteúdo sobre a primeira guerra mundial.

Logo em seguida, apresentaram o primeiro jogo de esportes da conferência, eles mostraram as capturas de movimento realizadas com Cristiano Ronaldo em Fifa 2018.

Continuando em Fifa 2018, mostraram o protagonista do modo campanha, uma novidade trazida no jogo anterior da franquia e que devido ao sucesso, o modo história está de volta com ainda mais profundidade que no game anterior.

Logo depois, chegou a hora de apresentarem o novo título de uma das franquias clássicas de corrida mais conhecidas do mundo dos games, Need For Speed Payback.

Os últimos games de Need For Speed não foram muito bem sucedidos, o apresentador disse que dessa vez eles fizeram um retorno às origens, trazendo novos desenvolvedores para o projeto e com uma perspectiva diferente, mais próxima do que o game era na época em que a franquia reinava entre os games de corrida.

O próximo game conta a história de dois irmãos em Way Out. O jogo foi desenvolvido para ser jogado no modo cooperativo e por incrível que pareça, o modo coop só dá pra ser jogado em tela dividida, o famoso “couch-coop” ( cooperativo de sofá). Na boa que eu fiquei meio surpreso com isso! Por um lado acho excelente a ideia de trazerem de volta os modos cooperativos offline, algo que tem se tornado raro ultimamente, mas a opção do coop online também poderia estar incluida, vamos ver se eles vão manter assim até o lançamento.

Mas Way Out parece mesmo um game promissor, ele tem uma pegada muito original, especialmente no que diz respeito ao modo coop. As tela dividida não é como estamos acostumados a ver em Gears of War 4 e outros jogos parecidos onde cada jogador fica com metade da tela, dessa vez a câmera de cada um dos jogadores muda dinamicamente de acordo com a situação, algo semelhante ao que vemos na série 24 horas.

Lembra quando a série coloca mais de uma coisa rolando ao mesmo tempo na tela, mostrando duas situações simultâneas em pontos de vista diferentes? É tipo isso! Enquanto acontece alguma coisa para o player 1, o player 2 está fazendo algo diferente,em um tempo sincronizado, então a câmera muda e fica maior na tela devido a relevância de suas ações. É difícil explicar isso com palavras, mas dá pra entender vendo o vídeo aí em cima. Com certeza isso é algo inovador e que pode dar certo.

Depois disso apresentaram os jogos de esporte MAMDEN, NHL, e NBA Live 2018, com melhorias na jogabilidade, gráficos e blablabla, o de sempre…

O diferencial dessa vez em NBA Live 2018 é um novo modo de jogabilidade que permite um planejamento mais detalhado das ações do jogador. Nesse novo modelo, o tempo para por alguns instantes e permite que o jogador decida qual o seu próximo movimento com mais precisão, mas não foi mostrado exatamente como isso vai funcionar no jogo, especialmente no modo multiplayer.

Agora é a hora que os nerds piram! De repente um grupo de Stromtroopers entram no palco para apresentar o novo Star Wars Battlefront 2.

Depois da hype do primeiro Star Wars Battlefront e da decepção em seu lançamento devido a pouca quantidade de conteúdo, parece que dessa vez Star Wars Battlefront vai estar muito maior do que o game anterior, pelo menos foi o que a apresentadora, interpretando uma general do Império, disse no palco.

O game vai atravessar o tempo da saga, trazendo elementos e personagens de eras diferentes baseadas em todos os filmes da franquia já feitos até o momento.

Um pouco do Making Of do jogo foi mostrado, trazendo cenas do game e filmagens realizadas nos estúdios da DICE. Foi mostrado um pouco das opções de customização dos personagens, algumas novidades nas armas e foi explicado rapidamente um pouco do gameplay, mas sem muitos detalhes.

Pois é, depois de ver os gráficos de Star Wars Battlefront II e tudo que foi apresentado, não tem como segurar a hype. O game parece estar incrível! Parece ainda mais bonito do que o primeiro, que ao julgar pelo que eles apresentaram até agora, ficou parecendo um beta desse novo jogo que será muito mais completo e com conteúdo suficiente para durar muito tempo.

O mapa “Assault from Theed” foi mostrado no palco e dá pra ver as naves clássicas do filme e cenários maravilhosos e destrutíveis, os tiros e explosões geram estilhaços por todos os lados, sensacional!

Nesse momento, Jhon Boyega, ator que interpretou Finn no filme, dá uma palavrinha sobre o game e conta um pouco das suas impressões sobre jogo, ele não estava pessoalmente no palco da EA na E3 2017, mas sua aparição no telão já foi o suficiente para  empolgar os visitantes.

Logo em seguida a apresentadora resumiu bem o que iremos ver em Star Wars Battlefront 2 e foi o seguinte:

  • Mapas, cenários, armas, veículos e personagens de todas as 3 eras
  • Modo multiplayer online e opção de tela dividida
  • Batalhas de infantaria e combates espaciais
  • Nova história original, paralela aos eventos dos filmes

Logo em seguida foi mostrada a gravação de uma jogatina em tempo real, mostrando as batalhas de Star Wars Battlefront 2 no mapa “Assault fron Theed”. Dessa vez o jogo parece mesmo trazer todo o conteúdo, com todas as opções que vimos no jogo de mesmo nome lançado na era do Playstation 2.

O primeiro Star Wars Battlefront 2 da era PS2, Xbox e Game Cube, era um jogo bem completo. Apesar das limitações de hardware dos consoles antigos, o jogo foi memorável e tinha muito conteúdo. Parece que dessa vez o novo game fará jus ao seu homônimo lançado em 2005.

A apresentação do multiplayer rolando em tempo real na E3 2017 não poderia ser melhor, o jogo parece estar dinâmico, empolgante, com visual deslumbrante e uma jogabilidade incrível, especialmente quando aparecem os personagens principais e vemos eles executando seus ataques especiais.

Depois de Star Wars Battlefront 2, foi a vez de apresentarem o game moblie da franquia, Star Wars Galaxy Heroes que apesar de parecer ser um game interessante, fica difícil de dar bola pra ele depois de vermos o incrível multiplayer de Battlefront… eles bem que deviam ter apresentado ele antes.

Esse teaser de Anthen não revela muita coisa, mas está aí só pra constar. O game da Bioware está em produção e foi prometida a apresentação de um gameplay amanhã na E3 2017.

Depois foi a vez mostrarem mais detalhes de Need For Speed Playback na conferencia da EA na E3 2017. Logo em seguida, em uma entrevista com os desenvolvedores, um deles disse que o jogo traz tudo que esperamos ver em um clássico game Need For Speed, com customizações, corridas em alta velocidade, jogabilidade divertida e… mais uma vez um modo história, dessa vez com 3 personagens que tentam derrotar um cartel de drogas ou coisa parecida… eles realmente estão insistindo em criar uma história que cole… o jeito é esperar o lançamento e ver no que isso vai dar.

Ao vermos o gameplay, o jogo parece seguir mesmo a pegada dos clássicos de Need For Speed, com muita velocidade e adrenalina. Os gráficos estão maravilhosos, como já era de se esperar, especialmente nas batidas que trazem de volta algo semelhante ao que víamos na franquia Burnout, que meio que se fundiu com Need For Speed.

Desde o remake de Need For Speed Hot Pursuit 2, que a Criterion Games, responsável pelos jogos Burnout, vem trabalhando em Need For Speed, deixando de lado a sua principal franquia, que terminou em Burnout Paradise Ultimate.

O gameplay de Need For Speed Payback é muito semelhante ao que estávamos acostumados a ver em Burnout, as batidas e enfase dada ao removermos um jogador da pista (o famoso Takendown de Burnout), estão presentes.

E quem se lembra da franquia Burnout, provavelmente também se lembra de Burnout Revange (revanche), um dos jogos de maior sucesso da antiga franquia da Criterion Games. Até esse nome se assemelha com Need For Speed Payback (Payback também pode ser traduzido como revanche, são sinônimos).

Mas não entenda isso como um ponto negativo, muito pelo contrário, Burnout é uma franquia incrível, se Need For Speed Payback for um jogo tão bom quanto Burnout Revange, com certeza vai merecer ter muito sucesso.

Só mais um detalhe… vai dar pra jogar e customizar um fusquinha em Need For Speed Payback! Eu adorei isso! O fusca clássico é um dos carros queridinhos dos brasileiros e famoso no mundo todo. Eu adorei ver as opões de customização disponíveis para esse carro, tem muita coisa! Dá para mudar completamente e fazer muita customização bacana com ele e com os outros carros no game. Nesse quesito parece que eles capricharam mesmo, afinal, esse é um dos pontos mais forte da franquia Need For Speed desde Need For Speed Underground, o primeiro jogo a trazer a opção de customização com toda essa complexidade.

Depois de Need For Speed, foi a vez de falarem de Maden 2018, game de futebol americano da EA. Eles contaram um pouco do modo história, que assim como em FIFA 18, também vai estar presente.

Maden 2018 E3 2017

Enquanto eles falavam do game, o ator do modo História de MADEN 2018 se junta aos apresentadores e no fundo, uma réplica em tamanho real de um dos robôs de Titanfall 2 estava roubando minha atenção.

Os produtores disseram que o escolheram não apenas por seu talento como ator, mas também por sua experiência como jogador de Futebol Americano, o ator foi jogador durante a faculdade, algo muito comum nos EUA e também é um fã do esporte. Sua participação como ator do modo história conta parte de sua experiência como jogador profissional, o que torna sua atuação e o enredo algo legítimo e por isso estão muito satisfeitos com o resultado.

FIFA 2018

Continuando a mostrar os games de esporte, o próximo da fila é FIFA 2018 e mais uma vez deram bastante destaque à captura de movimento do jogador Cristiano Ronaldo e ao modo história.

No telão, mostravam os desenvolvedores no estúdio da EA em Vancouver no Canadá, falando um pouco das novidades do próximo game, dentre elas o novo sistema de captura de movimentos que acompanha frame a frame os movimentos reais do jogador, trazendo um maior realismo e dando personalidade aos personagens no game, a cada novo FIFA esse sistema evolui mais.

De volta às novidades de Battlefield 1, quem joga sabe que este é um dos melhores jogos de tiro em primeira pessoa dos últimos tempos, sendo considerado por muitos o melhor jogo do gênero de 2016. E não é pra menos! O game roubou o brilho de todos os outros jogos de tiro, trazendo o realismo da Primeira Gerra mundial, com uma história que homenageia soldados reais que impactaram na história do nosso mundo.

Os veículos, armas e cenários seguiram fielmente a realidade, o que o torna um jogo muito mais complexo de ser feito do que um game baseado na ficção, já que precisam cumprir com precisão os modelos baseados nos detalhes do mundo real e sobra muito pouco espaço para improviso, tornando o trabalho de pesquisa parte importante do desenvolvimento do game.

Foi mostrado parte um gameplay ao de um cenário noturno A pouca visibilidade muda completamente a dinâmica da batalha, o uso de sinalizadores para iluminar locais estratégicos, são uma tática nova que quando bem utilizada, faz com que os jogadores obtenham uma grande vantagem. Jogar à noite é bem diferente e como é de se esperar, os cenários noturnos de Battlefield 1 são maravilhosos,  a luz da lua, do fogo e dos holofotes criam um visual muito bonito.

Os jogadores de Battlefield 1 ainda estão longe de enjoar do game e mais conteúdo é muito bem vindo! A EA e a DICE mandaram muito bem nesse jogo, não há o que dizer! Basta dar uma pesquisada na net e ver as review dos sites especializados, esse jogo é uma obra de arte e dispensa comentários.

A EA parece mesmo interessada em envolver mais a comunidade no cenário competitivo dos eSports. Embora a franquia Battlefield tenha sempre conseguido obter sucesso entre os gamers que curtem jogos competitivos, no cenário profissional dos eSports, Battlefiels 1 perde relevância perto de outros jogos. Mas a medida que a comunidade e o conteúdo de Battlefield 1 crescem, é esperado vermos uma maior representação do game nos eventos de campeonatos no decorrer do tempo. Espero que o mesmo aconteça também com Star Wars Battlefront 2.

Na área da E3 onde estava rolando a batalha de BF1, do nada chega um cara com um Battle Pack de verdade, aquele caixote de madeira que vemos no jogo. Dento deste Battlepack, havia um anel de noivado e o cara a pede a mão, da sua namorada que estava jogando, em casamento, ao vivo na frente de todo mundo. Que bom que ela aceitou, se não ia ficar feio pra ele hehehe, mas convenhamos que foi um pedido de casamento bem original.

E assim, nesse clima romântico, terminou a conferência da Eletronic Arts na E3 2017, foi uma longa apresentação trazendo muitas novidades, qual delas você curtiu mais?

Continue ligado aqui na all3Games.com para ficar sabendo de tudo que rolou E3 2017, o maior evento de games do mundo! Clique no sininho que está no canto inferior direito para se manter atualizado e receber as informações imediatamente, assim que forem publicadas.

A seguir o vídeo da gravação da conferência da Eletronic Arts na E3 2017 diretamente do canal oficial da empresa no Youtube:

SOBRE A ALL3GAMES.com

All3games.com é um site criado em 2011 e desde então é a principal fonte de notícia de muitos youtubers famosos e de outros portais, acompanhe com a gente a E3 2017.

Aqui não tem propagandas chatas, popups ou links maliciosos, só informações sobre tudo o que está rolando no mundo dos games, de uma forma original, simples e direta, sem enrolações, clique no sinhinho no canto inferior esquerdo e se inscreva.