EA registra a mara “Need for Speed Arena”

Depois de muitos erros e acertos ao longo dos muitos anos da franquia, a Eletronic Arts mostrou hoje cedo que ainda está disposta a dar continuidade a sua clássica série de corrida com Need for Speed Arena.

Estamos em um ano onde os eSports cresceram absurdamente ao ponto de chamar a atenção até dos canais de TV que divulgaram competições ao vivo usando um espaço que antes era preenchido apenas por esportes tradicionais.

A EA registrou hoje o nome Need for Speed Arena e como já se sabe, a palavra “Arena” está sendo muito utilizada em vários torneios de eSports ao redor do mundo, o que nos leva a pensar que o foco do próximo Need For Speed será mesmo as competições.

Na minha opinião, já estava mais do que na hora da franquia Need For Speed se focar no que ela faz de melhor, jogos divertidos, com boa jogabilidade e excelentes gráficos.

No último Need For Speed, o reboot da franquia, eles conseguiram fazer um game decente. As historinhas criadas em live action são até legaizinhos a jogabilidade manteve o padrão arcade de sempre com gráficos são excelentes.

Mas convenhamos, quem gosta de jogo de corrida quer mesmo é correr e sentir a emoção e a adrenalina que dá sentido ao nome Need For Speed (Necessidade de Velocidade).

Pode até ser divertido correr contra a inteligência artificial de vez em quando, mas o legal mesmo é competir com jogadores de verdade e felizmente, hoje em dia isso muito mais fácil do que antigamente, já que a internet tem capacidade de conectar players ao redor do mundo.

O problema é que em jogos de corrida, qualquer lag pode ser fatal e comprometer a experiência do jogo e isso, no nosso caso aqui do Brasil, é algo que atrapalha demais.

Enquanto em um game de tiro, tipo Battlefield 1, o lag possa atrapalhar, a gente dá uma paradinha, se esconde atrás de alguma coisa e aquelas baixas de velocidade eventuais muitas vezes passam despercebido para quem já está acostumado (ou não), mas em um game de alta velocidade, não tem como fazer isso e se naquele momento em que você está mandando super bem a internet der uma freada, mesmo que seja pouca coisa, isso já basta mudar completamente o resultado da corrida.

Nesse caso, fica muito difícil se destacar nos rankings mundiais tendo uma conexão de internet meia boca, mas pelo menos, se a franquia resolver investir em campeonatos, isso faz com que, pelo menos nos eventos de eSports, os jogadores consigam competir em pé de igualdade.

É bom ver que Need For Speed Arena dará continuidade á uma franquia clássica que começou em 1994, as competições de eSportes podem ajudar muito a recuperar seu prestígio.

need-for-speed-capa-all3games